Quem é você, Alasca? ( John Green )

03:59:00




Nome: Quem é você, Alasca?
Autor:  John Green
Editora: Martins fontes
Págs: 303
Skoob - Adicione
Onde comprarSaraiva / Submarino
Sinopse: 
Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez.

As edições do livro:
Eu já vi tanta edição de Quem é você, Alasca? que perdi as contas!
A nova edição


Eu tenho essa edição, mas acho a original mais bonita. A capa é igual só muda o jeito das letras de como são escritas!

Ficou fofa essa edição

Das três edições, a primeira é do papel que parece uma jacket . A do meio que achei bonita e a última em forma de quadrinhos.


Antes de escrever essa resenha, procurei na internet outras opiniões, que alternam entre “ Não gostei desse livro e Adorei”. Não sabia muito bem o que escrever a respeito do livro. Quando acabei fiquei com uma sensação estranha;

O livro conta a história de Miles Halter, que aparenta ter a vida um tanto monotoma. Em seu ultimo ano escolar ele decide ir estudar num internato onde seu pai estudou quando tinha sua idade. Numa busca de mudar sua vida.

Na capa do livro está escrito “ O primeiro amigo, a primeira garota e as últimas palavras “.  Que na verdade resume muito bem o livro. E o leitor só vai entender isso depois de ler ele. Essa frase, depois de ter terminado o livro, pode ser interpretada de forma ambígua.



Chegando ao internato ele faz amizades, o que por sinal é algo novo. Conhece Chip e Alasca Young. Duas pessoas que vão mudar a história do personagem. Miles, conhecido como Gordo também, tem um hobby um tanto diferente. Ele coleciona últimas palavras, o que faz sua fascinação ( e a do leitor ) crescer em relação a biografias. E nisso ele parte “em busca” do Grande Talvez. Por isso ele começa a ter uma vida mais socialmente agitada. Participa de trotes, bebe e fuma... entre outros!

Os capítulos são contados em “dias antes”, parece estranho  e complicado de ser dito. Mas vou explicar.

Por exemplo: 125 dias antes, 124 dias antes. Antes do que  eu não vou contar. Infelizmente você terá que ler pra descobrir.

E depois de passar esses dias antes chega o tal dia. E infelizmente, que dia. John Green consegue arrancar o coração com a situação. (É como diria uma amiga minha “ Colocou o dedo dentro da ferida e ainda rodou” :-/ ) . Nesse determinado momento da história tudo muda!


E a partir disso, o leitor não sabe mais o que esperar. Mil e uma possibilidades passam na cabeça e o autor consegue te levar pra um caminho do qual não espera.

Eu li outros livro do autor antes desse. Comecei com a Culpa é das estrelas ( Resenha AQUI ) que gostei, passei pro Cidade de Papel, que achei legal mas parecia que tinha o mesmo padrão do ACEDE. Li O Teorema Katherine, gostei, mas achei a mesma coisa. Tentei ler Will & Will , mas não consegui, achei a leitura muito parada e para diferenciar quem escreveu cada capítulo um dos autores( que não sei quem é ) , escreveu tudo minúsculo e em um certo momento não tinha pontuação. Pode chamar de frescura, eu sei, mas não consegui terminar a leitura.

Até eu chegar a ler Quem é você, Alasca?, Que se tornou meu favorito. O título ficou impregnado na minha mente o tempo todo, a partir do momento em que a personagem Alasca apareceu, você quer saber sobre ela e seu misterioso passado.



Ela é aquele tipo de garota temperamental, imprevisível, louca, meio bipolar, inteligente, leitora voraz e tantos outros adjetivos que iria ficar imenso o post. Apesar de ser assim, eu adorei. Ela parece ser uma megera sim, é um personagem que consegue se destacar muito. Tem uma personalidade forte que daria pra escrever teses e mais teses sobre. E eu acredito que por ter tantos defeitos é o que tornou essa personagem tão singular e única.

Eu recomendo que leia esse livro, mas que não vá esperando algo como os outros livros do John Green.
É uma história um tanto diferente, que faz refletir sobre a vida, mesmo não querendo! Vale a pena dar uma chance a esse livro. 





Espero que tenha gostado
Beijinhus e até a próxima...

Jéssica Tolare

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Jessica!!
    Sou fã do John Green,mas concordo com vocês:as histórias dele tem uma certa semelhança entre si.
    Quem é Você Alasca acho que é o mais diferente dele e acho que foi o que eu mais gostei.Me apaixonei pela Alasca kkkkkkkkkkkkk
    Beijos!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii...
    Que bom que gostou!!
    É... eu realmente acredito haver certa semelhança nos seus livros!!
    Fico feliz que tenha gostado!!
    Alasca é uma garota bem diferente mesmo!!

    Beijoos

    ResponderExcluir

Amazon

Amazon