[CAFÉ DA MADRUGADA ] #5 – CINCO MINUTOS – JOSÉ DE ALENCAR

03:30:00



Oi gente, hoje vou postar um trecho do livro Cinco minutos, do José de Alencar. Eu vi esse trecho no livro Cores de Outono, da Keila Gon ( resenha AQUI) e desde então me apaixonei. Acho tão lindo, tão tocante, que resolvi postar aqui. Espero conseguir ler a obra em breve. Então, separei esse trecho:



Nem suspeitava então que,
entre todos aqueles vultos
indiferentes, havia um
olhar que te seguia sempre e
um coração que adivinhava
os teus pensamentos, que
se expandia quando te via
sorrir e contraía-se quando
uma sombra de melancolia
anuviava o teu semblante.
Se pronunciavam o teu
nome diante de mim,
corava e na minha
pertubação julgava que
tinham lido esse nome
nos meus olhos dentro de
minh'alma, onde eu bem
sabia que ele estava escrito.
E, entretanto, nem sequer
ainda me tinhas visto; se
teus olhos haviam passado
alguma vez por mim,
tinha sido em um desses
momentos em que a luz se
volta para o íntimo, e se
olha mas não se vê;
Consola-me, porém,
que algum dia o acaso nos
reuniria, e então não sei
o que me dizia que era
impossível não me amares.

José de Alencar, Cinco minutos, 1856.


Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare

You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon