LIVROS CLÁSSICOS PARA LER

11:00:00




Adoro ler um bom bestsellers, confesso. Mas nada melhor do que ler um livro clássico. Me fascina ao mesmo tempo em que encanta.
Abaixo deixo alguns livros clássicos que são maravilhosos.

Dom Casmurro – Machado de Assis


Um dos meus favoritos, vai trazer a história de Bento Santiago, que já em sua velhice solitária, conta os acontecimentos de seu passado de quando era mais jovem, a fim de ligar as duas pontas da sua vida. Durante sua narrativa, é preciso notar que a história é pelo ponto de vista dele, um personagem enciumado, cheio de desconfianças, logo é necessário levar em consideração a possibilidade de falar a verdade ou não, de ser apenas algo que sua mente inventou. Sem contar que temos a enigmática Capitu, com seus olhos de cigana oblíqua e dissimulada. E um dos maiores enigmas da literatura brasileira. Uma obra-prima sem dúvida alguma.

O retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde


Temos um belo rapaz, inteligente, rico, da alta sociedade, que se entrega sem nenhum pudor aos prazeres da vida. Todos os admiram, seu amigo vai e pinta sua imagem, o quadro fica magnífico, até que Dorian, percebe ao ver o quadro que um dia perderá toda a beleza que tem, e apenas sua imagem, naquele quadro, ficará intacta. Com medo que o abate, ele vende sua alma em troca da juventude eterna. Tudo de ruim que acontece com ele vai para o quadro, assim permanecendo perfeito. Conforme o decorrer da história é possível notar que o quadro vai transformando-se em uma pintura horrível, um monstro, por causa de tudo o que Dorian faz. Sem contar que é uma crítica a sociedade que valoriza apenas a imagem das pessoas. Até pode ser bonito por fora, mas por dentro é horrível, feio, uma pessoa podre por de fato.

O apanhador no campo de centeio – J. D. Salinger


Um livro cheio de polêmicas. Conta a história de Holden, que após ser expulso de seu último colégio, resolve fugir, antes de seus pais irem buscá-lo. Ele fica um final de semana fora, e vai questionando tudo ao seu redor. Principalmente, seu futuro. Ele mostra que a adolescência não é apenas uma simples passagem, que, na verdade, é como vai te moldar para a vida adulta.

Sherlock Holmes – Sir Arthur Conan Doyle


Sherlock é um dos meus personagens favoritos. Ver sua mente brilhante trabalhando para desvendar os mistérios me fascina. E tentar descobrir como ela funciona me intriga. São várias histórias, diversas aventuras ao lado do seu amigo Watson. E que merece todo o destaque possível.

Orgulho e Preconceito – Jane Austen


Poderia citar aqui qualquer obra da Jane. Mas se for para escolher uma seria sem dúvida alguma Orgulho e Preconceito. Elizabeth Bennet foge de qualquer padrão da sociedade da época. Ela não segue os esteriótipos das mulheres. Não espera um casamento e muito menos deixa-se ofender. E quando Mr. Darcy chega, há intrigas entre os dois, principalmente, por ele ter ferido o orgulho dela. Mas aos poucos ele vai se encantando por Elizabeth, sem que ela perceba. E a história gira em torno dessa sociedade e seus relacionamentos. Uma obra maravilhosa.

Pollyanna – Eleanor H. Porter


Pollyanna tem algo que admiro muito, algo que é raro hoje em dia. Ela inventa o jogo do contente, e vai ensinando, não somente os personagens, mas a nós leitores também. Esse jogo mostra como é ver o lado bom das coisas.

Histórias extraordinárias – Edgar Allan Poe


Se há um autor digno de receber elogios de histórias envolvendo mistérios, horror, mortes e terror, sem dúvida é Poe. Sã fantásticas as obras escritas por ele. Começando por O gato preto até chegar no O corvo.

Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis


Mais um do Machado de Assis, não é atoa que ele é tão consagrado. Principalmente, por revolucionar a literatura brasileira, escrevendo de uma forma que jamais tinha acontecido antes. Desde o começo sabe-se que o protagonista morreu, ele vai falando isso e descrevendo toda a sua história até chegar o dia em que morreu.

O caso dos dez negrinhos – Agatha Christie


Agatha, rainha do crime, na minha opinião, só perde para Sherlock (ou empata com ele). Ela escreveu histórias fantásticas, mas a favorita é sem dúvida O caso dos dez negrinhos. 10 pessoas foram convidadas para ir em uma ilha por um misterioso casal, cada uma pelo seu próprio motivo. Mas ao chegar lá, descobrem que estão sendo acusados de cometer assassinatos. Cheios de desconfianças um do outro, eles começam a procurar por quem teria feito isso. Paralelamente, essas 10 pessoas começam a morrer, uma a uma. Da forma em que está escrita no poema, pendurado na porta do quarto em que estão hospedados. Em cima da mesa há estatuetas, quando uma morre, uma desaparece. E como descobrir quem fez isso?! Uma obra maravilhosa.


E você? Já leu algum desses livros acima? Deixe nos comentários.

Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare



You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon