ALFABETO LITERÁRIO – NOVEMBRO

08:30:00



Sei que existem tags literárias, onde você indica livros com a inicial do próprio nome ou sobrenome, mas resolvi fazer uma coisa diferente, procurei, mas não encontrei ninguém que tenha feito, então no caso alguém saiba se há alguma pessoa que fez algo parecido ou criou, me avise, por favor.

O alfabeto tem 26 letras, então vou jogar no Sorteador e sortear 5 números desses 26. Os números correspondem as letras do alfabeto. E para cada letra será indicado um livro. Os números que saíram foram 15, 1, 22, 11 e 3, que correspondem à O, A, V, K e C.


Livro com a letra O – Outro dia, David Levithan
Nada mais, nada menos que Outro dia, do David Levithan. Para quem leu Todo dia e gostou, provavelmente gostará desse livro, já que ele é uma espécie de continuação, na verdade, é a mesma história, mas com ponto de vista diferente.


Sinopse:
Um dos mais inovadores autores de livros jovem adulto e o primeiro a emplacar uma trama gay na lista do New York Times, David Levithan retoma a sua mais emblemática trama em "Outro Dia". Aqui, a já celebrada — com várias resenhas elogiosas — história de "Todo Dia" é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon. Todos eles mostrados aqui .


Livro com a letra A – Azul é a cor mais quente, Julie Maroh
Na verdade é uma graphic novel, e é uma das mais lindas que já li.


Sinopse:
Clementine é uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos do diário de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, tristezas e maravilhas que essa relação pode trazer.
Em tempos de luta por direitos e de novas questões políticas, Azul É a Cor Mais Quente surge para mostrar o lado poético e universal do amor, sem apontar regras ou gêneros.


Livro com a letra V – Valsa Maldita, Tess Gerritsen


Sinopse:
No ambiente frio e sombrio de um antiquário em Roma, a violinista americana Julia Ansdell depara com uma partitura intrigante — a valsa Incendio — e é imediatamente atraída pela peculiar composição. Carregada de paixão, tormento e de uma beleza arrepiante — e aparentemente inédita aos olhos do mundo —, a valsa com seu tom menor fúnebre e seus arpejos febris parece ter vida própria. Determinada a dominar a obra complexa, Julia decide ser o instrumento que fará com que sua melodia seja ouvida. Já de volta à Boston, no instante em que o arco de Julia começa a ser deslocado pelas cordas do violino, desenhando no ar aquelas notas intensas, algo sinistro é despertado — e a vida de Julia fica sob ameaça iminente. A música parece exercer um efeito inexplicável e macabro sobre sua filha pequena, que se mostra drasticamente transformada.
Convencida de que a melodia hipnótica de Incêndio está desencadeando uma maldição, Julia decide investigar a história por trás da partitura e encontrar a pessoa que a compôs. Suas buscas a levam à milenar cidade de Veneza, onde Julia descobre um segredo sinistro de várias décadas envolvendo uma família perigosamente poderosa que fará de tudo para impedir que ela revele a verdade ao mundo — custe o que custar.


Livro com a letra K – Kaori, Giulia Moon


Sinopse:
Século XV: Kaori, uma bela garota com o perfume da sedução, trilha caminhos perigosos entre samurais, senhores feudais, prostitutas e criaturas mágicas do folclore japonês. No seu caminho, surge José Calixto, um artista sensível e apaixonado, capaz de tudo para dar vida a uma obra imortal.

Século XXI
: na fervilhante Avenida Paulista, coração de São Paulo, Samuel Jouza tem uma profissão peculiar. Ele observa vampiros para um misterioso instituto de pesquisas. Mas o olheiro percebe que a sua profissão é muito mais perigosa do que imaginava, ao salvar um menino das garras dos sanguessugas.

De um lado, a magia das sagas heróicas de samurais, o mistério das antigas lendas do Japão. Do outro, uma aventura ágil e atual, que tem como cenário o Brasil. Dois universos se entrelaçam e se cruzam neste novo romance de vampiros, escrito por Giulia Moon.


Livro com a letra C – Como se fosse magia, Bianca Briones


Sinopse:
Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas.

O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é.
Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. O que isso quer dizer? Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.

Alguém já leu algum desses livros? Deixe nos comentários!

Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare


You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon