12 LIVROS PARA 2017

08:00:00




Oi gente, Ano novo, vida nova, mais postagens. Então, vamos começar o ano bem, por isso separei 12 livros do acervo dos livros que ainda não li.

Navegue a lágrima – Letícia Wierzchowski
Um dos livros que ganhei no Natal, não vejo a bora de lê-lo. A diagramação é completamente diferente. As letras todas azuis.


Uma casa de praia, num idílico balneário no Uruguai, é o cenário de duas histórias de amor e perdas, separadas no tempo. Consumida pelo luto, a editora Heloísa escolhe se afastar da cidade onde morava e levar uma vida de isolamento na residência de veraneio que pertenceu à Laura Berman, uma escritora consagrada.

Entre muitos drinques, cercada de pertences e memórias dos antigos moradores, Heloísa começa a ser visitada pelas lembranças guardadas entre aquelas quatro paredes: a correria de crianças, dias de sol preguiçosamente passados à beira da piscina, o romance terno de Laura e seu marido Leon. Se é delírio ou magia, a nova moradora não consegue distinguir. Aos poucos, enquanto revira baús, ela mergulha no universo conflituoso da escritora, descobre pequenas traições cotidianas e o inexorável desgaste realizado pela passagem do tempo nas relações mais sólidas. Essa compreensão permite que, lentamente, Heloísa consiga enfrentar seus próprios fantasmas e desvelar a história de uma grande paixão.


The Kiss of Deception – Mary E. Pearson


Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?

Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.


A casa das sete mulheres – Letícia Wierzchowski


"Muitas coisas sucederam aqui na estância nos últimos tempos. Desde que Moringue veio atacar o estaleiro, todas nós nos tornamos mais temerosas, pois nos descobrimos vulneráveis aos ataques imperiais. Parece impressionante, mas eu nunca antes tinha pensado na guerra como uma coisa palpável, como uma coisa real. Era como se vivêssemos numa redoma, apartadas do mundo, e nada mais.

-Estância da Barra, 30 de junho de 1839 - Cadernos de Manuela.


O chamado do Cuco – Robert Galbraith


Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.

Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.

Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.


Perfeitos – Scott Westerfeld


Tally finalmente é perfeita. Agora seu rosto está lindo, as roupas são maravilhosas e ela é muito popular. Mas por trás de tanta diversão – festas que nunca terminam, luxo e tecnologia, e muita liberdade – há uma incômoda sensação de que algo importante está errado.

Então Tally recebe uma mensagem, vinda do seu passado, que a faz se lembrar qual é o problema na sua vida perfeita. Agora ela precisará esquecer o que sabe ou lutar para sobreviver – as autoridades não pretendem deixar que alguém espalhe esse tipo de informação.


A garota do Penhasco – Lucinda Riley


A Garota do Penhasco é um romance que enreda o leitor através de vários fios: a história de Grania Ryan e sua querida Aurora Devonshire, a garota do penhasco, nos fala sobre mudança de vida.

A história das famílias Ryan e Lisle é um lindo conto sobre um século de mal-entendidos e rancor entre inimigos que se acreditam enganados por falcatruas financeiras.O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza. Mas, sobretudo, A Garota do Penhasco é um livro que mostra como é possível encontrar uma finalidade, um propósito, quando todas as esperanças parecem perdidas.


Como dizer adeus em robô – Natalie Standiford


Com um toque melancólico, o livro conta a singular ligação entre Bea e Jonah. Eles ajudam um ao outro. E magoam um ao outro. Se rejeitam e se aproximam. Não é romance, exatamente mas é definitivamente amor. E significa mais para eles do que qualquer um dos dois consegue compreender... Uma amizade que vem de conversas comprometidas com a verdade, segredos partilhados, jogadas ousadas e telefonemas furtivos para o mesmo programa noturno de rádio, fértil em teorias de conspiração.

Para todos que algum dia entraram no maravilhoso, traiçoeiro, ardente e significativo mundo de uma amizade verdadeira, do amor visceral, Como dizer adeus em robô vai ressoar profunda e duradouramente.


A hora das Bruxas vol.1 e vol.2 – Anne Rice


Em 'A Hora das Bruxas', é narrada a saga de uma família que em quatro séculos vive entre feitiçaria e forças ocultas. A família Mayfair, é o ponto central de uma dinastia de bruxos, que cresceu e prosperou dedicando-se à magia negra. Entre os Mayfair, convive-se pacificamente com o incesto, os assassinatos e com o espírito meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher. O romance se desenrola cronologicamente para a frente e para trás, passando por Nova Orleans e São Francisco atuais e deslocando-se até o Haiti ou a um castelo na França de Luis XIV.


Menina Má – William March


Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.


Assim é como termina – Kathleen MacMahon


Quando Bruno decidiu conhecer a Irlanda, terra dos seus antepassados, seus motivos não eram turísticos. Desempregado, recém-divorciado e sem perspectiva nos Estados Unidos, ele pegou o primeiro voo para Dublin em busca de um pouco de paz. Enquanto o avião percorria o oceano, Addie caminhava na praia de Sandymount na companhia de sua cachorra Lola, a única amiga e confidente da exigente dona. Antes uma arquiteta de sucesso, havia anos Addie levava uma vida devotada ao pai doente. Era durante seus raros passeios pela praia que ela procurava motivos para continuar vivendo, mas o sol tímido da Irlanda não lhe trazia muita esperança.

Tudo muda quando ela recebe um recado na secretária eletrônica. É Bruno, procurando seus parentes irlandeses. Addie não está nem um pouco disposta a conhecer seu primo de segundo grau e organizar uma reunião de família, mas o que nenhum dos dois sabia é que uma história de amor estava para começar — e muito menos como ela iria terminar… "


Dupla falta – Lionel Shriver


Mais que uma história de amor encenada no ambiente de alta-tensão do mundo do tênis profissional, Dupla Falta é um alerta sobre os limites da rivalidade e da paixão. Com a sagacidade que se tornou sua marca registrada, Lionel Shriver investiga o cenário perturbador do desequilíbrio de um casamento moderno.

Tênis sempre foi a maior paixão de Willy Novinsky desde que ela pegou em uma raquete pela primeira vez, aos 5 anos. Até que conhece Eric Oberdorf: matemático recém-formado pela Universidade de Princeton, capaz de chamar atenção não só pela beleza, mas também pela habilidade em diversas atividades, como a atuação nas quadras e em torneios de menos destaque. Mesmo à sombra da antiga relação de confiança e dependência entre a esportista e seu treinador, Eric torna-se a nova paixão de Willy.

Os dois se casam. Assim como a esposa, Eric batalha para alcançar o glamour do circuito internacional. Logo, a vida em comum, repleta de cumplicidade e desejo, dá lugar a uma competição cada vez mais acirrada por uma colocação em meio à elite do esporte, entre os chamados top 100. E o casamento tende a provar-se uma jogada com efeitos imprevisíveis no desempenho de Willy. À medida que seu rendimento decai, as habilidades do marido levam-no mais longe no ranking mundial.

Narrado com o controle de ritmo e velocidade de um campeão de tênis em uma partida, Dupla Falta investiga os medos, as esperanças e as traições de uma relação amorosa. Lionel Shriver nos oferece uma visão magistral e provocante do jogo romântico de um homem e uma mulher que não conseguem sobreviver ao próprio egoísmo.


Escola de Equitação para moças – Anton Di Sclafani


No verão de 1930, Thea Atwell, de quinze anos, é afastada de sua casa, na Flórida, e mandada para uma escola interna para meninas. Situada nas montanhas Blue Ridge, na Carolina do Norte, a Escola de Equitação Yonahlossee para Moças é bem diferente da infância idílica que Thea levava com o irmão na fazenda da família - um mundo agora parcialmente arruinado. Inserida em um novo e complicado ambiente social, em que jovens são julgadas com base no dinheiro da família, na linhagem e na aparência, Thea luta contra sentimentos avassaladores de culpa e saudade de casa ao mesmo tempo que tenta se encaixar na nova realidade. Forte, apaixonada e determinada, mas também egoísta, crítica e autodestrutiva, Thea alterna a narrativa entre o que se passou em sua casa e seu dia a dia na escola, e aos poucos desvenda a verdade por trás do afastamento da família, mas não antes de questionar como esse mistério afetará seu futuro.


Um vívido romance sobre sexo, amor, família, dinheiro e classe social, 'Escola de equitação para moças' transporta o leitor para outra época e mostra que mesmo os pais mais protetores não são capazes de impedir que seus filhos tornem-se adultos.


Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare

You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon