THE HALSEY BOOK TAG

06:30:00



Recentemente vi essa tag no blog Pretty Deadly Reviews, quem criou foi o Lady Knight Reads (o blog encontra atualmente indisponível, então se encontrarem algum link do blog deixe nos comentários). Não sei se alguém já traduziu ela (caso sim, deixe nos comentários também, por favor). Não sei se vocês conhecem a Halsey (espero que sim) me apresentaram suas músicas na faculdade e, desde então, ela foi uma das melhores cantoras que conheci. Adoro seu álbum ‘Badlands’ (que é meu favorito) e estou cada vez mais me apaixonando por suas músicas. Por isso, resolvi responder essa tag.

1. Castle: sua rainha favorita. [Skoob]
Agora não consigo lembrar de nenhuma sem ser a Daenerys Targaryen, da série Game of Thrones, do George R. R. Martin. De toda a série, a minha favorita é a Daenerys, porque mesmo passando por tudo aquilo que passou, ela foi se reerguendo e mostrando a rainha que é.



2. Hold me Down: uma série que você não consegue largar, não importa o quanto tente. [Skoob]
A série Estilhaça-me, da Tahereh Mafi. Ela escreveu uma trilogia, mas, agora, alguns anos depois do último livro ser lançado, ela anunciou que escreveu (ou está escrevendo) mais três e que pretende lançar a partir do ano que vem. Pelo que me lembro, a história foi fechada, finalizada e não vejo como ela pode continuar, mas, enfim, adoro essa história e não vejo a hora de ler os próximos livros, mesmo sabendo que eu possa não gostar e querer largar.



3. New Americana: um grupo de amigos ficcionais que você gostaria de ter ao seu lado como esquadrão apocalíptico. [Skoob]
Pensei e o único grupo de amigos ficcionais que gostaria de ter é o grupo de amigos do Miles, de Quem é você, Alasca?, do John Green, porque é um dos meus livros favoritos da vida. As conversas entre os personagens são maravilhosas. Miles me fez gostar de ler biografias e de pensar sobre as últimas palavras das pessoas. Não consigo pensar em um outro grupo para ter como amigos.



4. Drive: um casal que precisa se comunicar melhor. [Skoob]
Mia e Ethan, de Boomerang, da Noelle August, porque você sabe que os dois se gostam, mas, se eles conversassem mais, a história poderia ter um rumo diferente e sem tanto drama.



5. Hurricane: um livro solo favorito. [Skoob]
Pensei em colocar Quem é você, Alasca? do John Green, mas já falei dele, então, outro livro seria Veronika decide Morrer, do Paulo Coelho. Tenho certas ressalvas quanto ao autor, mas esse livro é muito bom. Podem passar os anos, sempre vou querer reler.



6. Roman Holiday: um casal contemporâneo fofo. [Skoob]
Cath e Levi, de Fangirl, da Rainbow Rowell. Esse livro da vontade de apertar e abraçar, de tão fofo que é.



7. Ghost: um término de relacionamento mais trágico. [Skoob]
Não diria que foi trágico, mas a breve separação de Clara e Bernardo em O descompasso infinito do coração, da Bianca Briones, foi muito pesado. Na verdade esse livro foi o que mais mexeu comigo na série. A história dos dois é intensa demais.



8. Colors: um de seus personagens favoritos que te machuca muito porque toma decisões ruins. [Skoob]
Já que estamos falando da série Batidas Perdidas, no primeiro livro, tem o Rafa, da série As batidas perdidas do coração, que é um personagem maravilhoso, mas que tomou tantas decisões erradas.



9. Strange Love: um personagem que muitos não entendem, mas você ama. [Skoob]
Não sei se as pessoas não gostam dele, mas um personagem que gosto bastante é o Aaron, da série Estilhaça-me, da Tahereh Mafi.



10. Coming Down: melhor cena sexy. [Skoob]
Se você não leu Incendeia-me, da Tahereh Mafi e não quer Spoilers, sugiro que pule essa categoria e vá para a próxima.
Não tenho o costume de me lembrar dessas cenas, mas uma que sempre lembro porque foi intensa, foi entre o Aaron e a Juliette em Incendeia-me. A conexão entre os personagens e toda a química envolvendo-os, deixou impossível de esquecer.



11. Hauting: um livro ou personagem que você ainda vive pensando. [Skoob]
As vezes me pego pensando no Adrian, da série Academia de Vampiros, da Richelle Mead, mesmo ele só aparecendo no segundo livro. É um personagem e tanto.



12. Gasoline: Personagem autodestrutivo favorito. [Skoob]
O Ty, de Stolen – carta ao meu sequestrador, de Lucy Christopher. Ty sequestrou Gemma e esperava que ela se apaixonasse por ele. No livro temos apenas a versão da Gemma, queria entender o que se passava na cabeça dele, o porquê dele querer sequestrar a Gemma, sendo que ele poderia ter se aproximado como qualquer outra pessoa faria e tentado conversar. Não sei se pode ter sido a Síndrome de Estocolmo da personagem falando ou ela mesma, mas, aparentemente, o Ty parecia ser um cara bom, então esse personagem acaba ficando, de certa forma, confuso.



13. Control: Melhor Vilão. [Skoob]
Melhor vilão sempre será o Darth Vader, mas, porém, entretanto, todavia, um outro personagem que é um ótimo vilão, no caso vilã, é a Anna, de Anna vestida de sangue, da Kendare Blake. Ela é uma adolescente que foi morta e seu fantasma permanece vagando. Ao mesmo tempo em que ela parece uma garotinha assustada querendo ajuda, ela também é má, porque, para ela, foi assim que ela aprendeu a se defender. Esse fantasma é fascinante, tentar entender ela e desvendar tudo é maravilhoso.



14. Young God: Personagens que idolatram um ao outro. [Skoob]
Aysel e Roman, de Meu coração e outros buracos negros, da Jasmine Warga. Eles se conheceram em uma época muito complicada e dá pior forma que poderia ser. Mas conforme vamos observando a história se desenrolar entre os dois percebemos outras coisas. O final de livro é um exemplo que mostra a relação entre eles.



15. Walk the line: melhor releitura. [Skoob]
Os contos do livro Over the rainbow. Não costumo gostar muito de releituras. Mas confesso que esse livro foi escrito com maestria.



16. Is there somewhere: otp om obstáculos. [Skoob]
Madeline e Olly, de Tudo e todas as coisas, da Nicola Yoon. É aquele romance que você torce para os protagonistas ficarem juntos, mas tem tanta coisa no meio tornando tudo ainda mais complicado.



17. Empty Gold: um otp que se tornou um notp. [Skoob]
Valerie e Nick, de A lista negra, da Jennifer Brown. O livro é intenso e aborda um tema pesado, mas durante os flash backs da Valerie, vemos que os dois eram um casal que daria para shippar, mas depois de tudo o que aconteceu não tem como.



18. Trouble: um relacionamento tóxico que você shippa. 
Essa categoria é complicada para mim, porque não consigo shippar um casal no qual o relacionamento é tóxico. É um assunto muito importante e que ainda tem que ser discutido bastante, principalmente, a parte em que as pessoas romantizam esse tipo de relacionamento. Não é assim que funciona. Então no caso, não escolho nenhum livro.


Abaixo deixo a playlist do Spotify com essas músicas da Halsey. Não deixem de ouvir!


Deixe nos comentários quais livros colocariam nessas categorias e, principalmente, se gostaram das músicas da Halsey.

Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare

You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon